Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

CDS-PP diz que abstenção é sinal de descontentamento com o PS

Nuno Melo, cabeça de lista do CDS-PP às europeias, garantiu hoje, à chegada à sede do partido, estar tranquilo com os resultados destas eleições, mas sublinhou que os centristas merecem mais que um deputado em Bruxelas.
7 de Junho de 2009 às 19:29
Nuno Melo, candidato do CDS-PP às eleições europeias
Nuno Melo, candidato do CDS-PP às eleições europeias FOTO: Natália Ferraz

'Estou tranquilo, dei tudo o que tinha e não tinha e o partido esteve unido nesta campanha', disse aos jornalistas, recusando fazer comentários sobre os cenários que se desenham em torno dos resultados eleitorais do CDS-PP. Nuno Melo optou também por desvalorizar a influência da elevada abstenção, que deverá rondar os 65%, num eventual mau desempenho do seu partido. 'Eu não sou a pessoa mais indicada para comentar a abstenção ', afirmou o também deputado.

Para Pedro Mota Soares, porta-voz do CDS-PP, o número de portugueses que não foram à urna de voto tem uma leitura política bastante clara: 'Esta abstenção é um sinal que há um descontentamento forte com o PS'. Mota Soares recusou, contudo, que este resultado seja influenciado pela falta de debate político em torno das questões europeias. 'É normal, nas eleições europeias e também nas outras eleições haver uma forte componente [política] nacional', explicou o porta-voz.

Face aos resultados das várias projecções que foram sendo divulgadas ao longo da última semana, o CDS-PP não deverá eleger mais do que um eurodeputado, o que deixará fora do Parlamento Europeu Diogo Feyo e Teresa Caeiro. Questionado sobre a possibilidade de ser o único eleito pelo partido, Nuno Melo apenas admitiu que 'gostava de levar muita gente para Bruxelas'. 'O CDS-PP merece-o', rematou o cabeça de lista.

Nuno Melo chegou à sede do partido, no Largo do Caldas, em Lisboa, faltavam poucos minutos para as sete da tarde, tendo sido recebido com palmas por vários apoiantes. Depois de algumas declarações aos jornalistas, recolheu-se no interior do edifício onde aguarda o apuramento dos primeiros resultados. Na sede do CDS-PP circulam já vários dos principais rostos do partido, mas o silêncio é a nota dominante.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)