Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

CDS-PP diz que FNAM cumpre "instruções" da CGTP-IN

Centristas acusam médicos de fazerem greve apenas para seguir instruções da intersindical.
8 de Julho de 2014 às 17:31

O CDS-PP defendeu esta terça-feira que a greve dos médicos "não é uma greve da comunidade médica", mas para cumprir "instruções da CGTP", na sequência das formas de luta anunciadas pela central sindical e pelo PCP depois das europeias.

"Não é uma greve da comunidade médica, não é sequer uma greve de toda a FNAM, é uma instrução da CGTP à FNAM. Por isso, esta greve, aliás, tanto quanto sei, tem tido uma adesão muito reduzida", disse à Lusa a deputada do CDS-PP Teresa Caeiro.

A deputada centrista acusa ainda o bastonário da Ordem dos Médicos de "abdicar dos seus deveres legais e éticos", ao ser "uma voz sindical", "instigando os médicos a fazer greve e os doentes a ir para a rua protestar", naquela que considera ser "uma greve que se move por motivos políticos".

Greve Médicos CDS-PP FNAM cumpre instruções CGTP-IN
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)