Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Cédric dá vitória ao Sporting

Golo da vitória leonina só chegou a cinco minutos do fim, com bracarenses a jogarem mais de uma hora em desvantagem numérica.
28 de Setembro de 2013 às 22:16
O leão Cedric, aqui em luta com o bracarense Pardo, marcou o seu primeiro golo no campeonato
O leão Cedric, aqui em luta com o bracarense Pardo, marcou o seu primeiro golo no campeonato FOTO: SE Record

Os leões entraram a todo o gás e marcaram aos 5', num cabeceamento de Montero, após canto na direita marcado por Jefferson. O goleador colombiano dos leões antecipou-se a Custódio e de cima para baixo deu vantagem aos leões.

A resposta dos bracarenses resultou num maior "pressing". Aos 28´ Alan empatou em remate de fora da área, com algumas culpas para Rui Patrício, que pareceu ainda assim não ter visto a bola partir.

Outro momento importante do jogo apareceu perto da meia hora, quando Aderlan Santos travou em falta uma arrancada de Montero que se ia isolar. O central brasileiro foi expulso e no mesmo lance, Paulo Vinicius lesionou-se. Na mesma jogada, os bracarenses perderam os dos centrais. O Sporting está a jogar com mais um jogador e tem-se acercado mais vezes com perigo da área adversário, mas o empate ao intervalo acaba por se ajustar.  

Sp. Braga e Sporting estavam empatados a um golo ao intervalo, no jogo que se disputou no estádio da 'Pedreira'.

O Sporting começou a segunda parte muito perto do golo, mas o remate era débil no momento final. Nos primeiros 10 minutos do segundo tempo os leões podiam ter chegado à vantagem por duas ocasiões, mas em ambas as vezes a bola saiu ao lado. O Braga, a jogar com menos um elemento, tentava responder timidamente e em contra ataque.

Leonardo Jardim mexeu na equipa, tirando Adrien e colocando Slimani, na esperança de que o argelino trouxesse nova alma ao desinspirado ataque, mas nada feito. Na parte final houve poucas oportunidades e só 'à bomba' é que as redes mexeram, aos 85', com um remate de fora da área de Cédric Soares, o lateral direito da formação do Sporting, num lance muito parecido ao do golo do Braga, com muitas culpas, desta vez para Eduardo que podia ter feito muito melhor.

O Sporting chega assim aos 14 pontos, que lhe valem o segundo lugar logo atrás do campeão FC Porto, com 16, e  mais dois que o Braga, que ultrapassou na tabela e segue na 3ª posição com 12 pontos.

Esta vitória serviu também para realçar a vertente ofensiva da equipa de Alvalade, que é a mais concretizadora, com 15 golos em 6 jogos, e Montero, que reforça o estatuto de melhor marcador da liga portuguesa.

Braga Sporting
Ver comentários