Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Centeno afirma falta de consenso sobre orçamento para zona euro

Presidente do Eurogrupo admitiu que persistem as diferenças, apesar do consenso em torno do reforço do Mecanismo Europeu de Estabilidade.
Lusa 25 de Junho de 2018 às 18:08
Mário Centeno
O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk
Mário Centeno
Mário Centeno
O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk
Mário Centeno
Mário Centeno
O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk
Mário Centeno

O presidente do Eurogrupo admitiu esta segunda-feira, numa carta dirigida ao presidente do Conselho Europeu, que persistem diferenças sobre um orçamento próprio da zona euro, mas dá conta do consenso em torno do reforço do Mecanismo Europeu de Estabilidade.

À luz da "cimeira do euro" que se realiza na próxima sexta-feira em Bruxelas, e na qual são esperadas decisões concretas sobre o aprofundamento da União Económica e Monetária (UEM), Mário Centeno escreveu a Donald Tusk - que, imediatamente a seguir ao Conselho Europeu que tem início na quinta-feira, presidirá aos trabalhos da cimeira dos 19 países da moeda única -, para dar conta dos progressos das discussões realizadas desde a anterior cimeira, em março.

Mário Centeno divide a temática em três capítulos - "roteiro da União Bancária", "reforma do Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE)" e "possíveis instrumentos para a convergência e estabilização da UEM" -, e, no último, começa desde logo por referir que "persistem diferentes pontos de vista sobre a necessidade e eventuais características de um orçamento da zona euro para a competitividade, convergência e estabilização na UEM".

Ver comentários