Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

CGD: Presidente de sindicato dos bancários diz que rescisões têm de garantir igualdade a todos os tralhadores

Lusa 16 de Junho de 2017 às 16:33

O presidente do Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas disse hoje que o processo de rescisões por mútuo acordo na Caixa Geral de Depósitos tem de ser feito em igualdade de circunstâncias para todos os trabalhadores, o que não está garantido.

"Tem que ser encontrado um regime que satisfaça todos os trabalhadores, que não deixe uns e outros em situações diferentes", disse à Lusa Rui Riso, presidente Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas e dirigente sindical da Febase, estrutura que agrupa os sindicatos de bancários ligados à UGT.

Na quarta-feira, a administradora com o pelouro do pessoal, Maria João Carioca, reuniu-se com os sindicatos e comissão de trabalhadores do grupo bancário para anunciar um programa de rescisões.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)