Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

CGD: CT contesta redução de trabalhadores e agências anunciada pelo Governo

Lusa 23 de Junho de 2016 às 19:40

A Comissão de Trabalhadores (CT) da Caixa Geral de Depósitos (CGD) está contra o corte de pessoal e da rede de agências anunciado pelo ministro das Finanças, acusando ainda o Governo de "falta de transparência" na condução do processo.

"A CT da CGD considera que, se a intenção de diminuir fortemente o número de trabalhadores e de agências for cumprida, (...) essa decisão do Governo é prejudicial e contraditória com a tese do reforço da CGD e do seu papel fundamental para o País e para a economia nacional", lê-se numa nota de imprensa.

A estrutura que representa os trabalhadores do banco estatal sublinha que "diminuir as capacidades de operacionalidade da CGD em Portugal e na área internacional, ambas relevantes, vem permitir um enfraquecimento da sua influência e até do seu progressivo desaparecimento, deixando campo de manobra para avanços nestas mesmas áreas por parte de empresas financeiras concorrentes do sector privado, prejudicando não apenas a CGD mas o interesse público".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)