Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Chamas ameaçam aldeias em Gavião

O incêndio no concelho de Mação alastrou-se ao concelho vizinho de Gavião, distrito de Portalegre, colocando aldeias e a vila de Belver em perigo. O vento forte está a revelar-se como a maior dificuldade dos bombeiros no combate às chamas.
5 de Setembro de 2005 às 18:30
Em menos de uma hora, as chamas propagaram-se a grande velocidade, uma situação que, segundo Pedro Carvalho, comandante dos Bombeiros de Santarém, ficou a dever-se ao levantamento de vento muito forte.
Segundo aquele responsável, o incêndio eclodiu em Vale da Abelha , na direcção da A23, e progrediu com grande violência para sul, ameaçando as aldeias de Torre Fundeira e Torre Cimeira e também a vila de Belver. As chamas levaram ao encerramento da A23 e à activação do Plano Municipal de Emergência. A A23 seria reaberta por volta das 22h00.
CINCO INCÊNDIOS
Para além do incêndio no Gavião, no distrito de Santarém, um incêndio lavra em Cimo dos Ribeiros, concelho de Sardoal, mobilizando o maior número de homens: 205 homens, auxiliados por 59 viaturas.
Em Castelo Branco, um incêndio em Sarzedo, concelho da Covilhã, estava a ser combatido por 71 efectivos, auxiliados por 21 viaturas e seis aeronaves. No distrito de Viana do Castelo, um fogo lavra em S. Pedro da Torre, concelho de Valença. Em Viseu, na localidade de Santo Amaro, 21 homens combatem as chamas apoiados por sete viaturas e duas aeronaves.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)