Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Chefe do Exército espera resultados a curto prazo e que portugueses confiem nos Comandos

Lusa 18 de Outubro de 2016 às 14:58

O chefe do Estado-Maior do Exército afirmou hoje que o processo interno de averiguações às causas da morte de dois recrutas do curso de Comandos estará concluído a "muito curto prazo", admitindo corrigir situações que se revelem anómalas.

"Temos a certeza que os portugueses vão acreditar e confiar nos Comandos. Eu estou seguro, o Exército é uma instituição credível que se rege pelos padrões institucionais. Neste caso concreto são situações anómalas, vamos corrigir o que tiver de ser corrigido e com certeza os portugueses perceberão", afirmou

Rovisco Duarte respondia a perguntas dos jornalistas no final de uma visita dos deputados da comissão parlamentar de Defesa Nacional ao regimento de Comandos, em Carregueira, Sintra.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)