Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Chile: General de Pinochet condenado

O Supremo Tribunal do Chile confirmou a sentença de prisão perpétua para o general na reforma Hugo Ivan Salas Wenzel, pelo assassínio de doze opositores do regime de Pinochet em 1987, revelaram fontes judiciais.
29 de Agosto de 2007 às 09:49
Hugo Ivan Salas Wenzel dirigiu a CNI entre Outubro de 1986 e Novembro de 1988
Hugo Ivan Salas Wenzel dirigiu a CNI entre Outubro de 1986 e Novembro de 1988 FOTO: d.r.
Este oficial, ex-responsável pela Central Nacional de Informações (CNI, serviços secretos), tornou-se no primeiro general a ser condenado a prisão perpétua no Chile por violações dos Direitos Humanos.
O Tribunal condenou Hugo Salas Wenzel na qualidade de responsável pela chamada “Matança de Corpus Cristi”, também conhecida como ‘Operação Albania’, levada a cabo por agentes da CNI em Junho de 1987.
Este crime cometido contra militantes de esquerda, todos menores de 30 anos, ocorreu como uma vingança pelo atentado falhado contra o ditador Augusto Pinochet cometido em Setembro de 1986.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)