Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

China entra na corrida à Lua

A primeira missão espacial chinesa à Lua foi lançada hoje, com o objectivo de voltar a colocar o homem no satélite terrestre em 2020. O foguetão Cheng’e I descolou do centro aeronáutico de Xichang, província de Sichuan, às 18h15 locais, 11h15 em Lisboa.
24 de Outubro de 2007 às 15:53
Lançamento do Cheng'e I
Lançamento do Cheng'e I FOTO: Reuters
A nave espacial deve entrar na órbita de transferência Terra-Lua a 31 de Outubro e chegar à órbita lunar a 5 de Novembro.
Os técnicos chineses esperam que Cheng’e I (o foguetão foi baptizado com o nome da deusa que, segundo a mitologia chinesa voou até à Lua) envie a primeira imagem da Lua no final de Novembro, continuando as explorações científicas durante um ano.
O custo da expedição é de 131 milhões de euros e o governo chinês quer, dentro de cinco anos, instalar em órbita um “laboratório do céu”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)