Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

China pede ao Canadá que proteja livre comércio, perante "protecionismo" dos EUA

Apelo de Pequim surgiu dias após a conclusão das negociações para o acordo EUA-México-Canadá.
Lusa 11 de Outubro de 2018 às 08:33
Wang Yi
Wang Yi
O ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi
Wang Yi
Wang Yi
O ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi
Wang Yi
Wang Yi
O ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi

A China pediu esta quinta-feira ao Canadá que proteja o comércio livre e rejeite medidas protecionistas, numa aparente referência ao novo acordo comercial com Washington, que permite aos EUA travarem um acordo comercial entre Otava e Pequim.

O ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi, pediu a Otava que trabalhe em conjunto com a China para avançar com o acordo de livre comércio China-Canadá, durante uma conversa por telefone com a homóloga canadiana, Chrystia Freeland.

O apelo de Pequim surgiu dias após a conclusão das negociações para o acordo EUA-México-Canadá [USMCA, na sigla em inglês], que dá a Washington o direito de vetar um acordo entre os países vizinhos e uma "economia que não seja de mercado", numa referência à China.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)