Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

China "altamente chocada" com alegada execução de chinês raptado pelo Estado Islâmico

Lusa 19 de Novembro de 2015 às 03:22

A China disse hoje estar "altamente chocada" com as notícias de que um cidadão chinês feito refém pela organização extremista Estado Islâmico (EI) foi morto, acrescentando que esta informação precisa de ser verificada.

"A China recebeu as notícias com grande choque", disse o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Hong Lei, citado pela agência noticiosa oficial Xinhua.

Hong afirmou que o Governo chinês fez todos os esforços para resgatar o refém desde que este foi raptado.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)