Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

China desenvolve braços robotizados para futura estação espacial

País prevê lançar em 2018 o módulo central da estação.
Lusa 21 de Abril de 2016 às 11:20
A China está a desenvolver braços robotizados para utilizar em estações espaciais, o primeiro dos quais poderá ser empregado na instalação que planeia colocar em órbita nos próximos anos, anunciaram hoje fontes oficiais.

Técnicos e cientistas chineses construíram o primeiro protótipo, com dez metros de alcance e cujo extremo final não estará fixado à estação, segundo descreveu a agência oficial Xinhua, citando fontes da Corporação de Tecnologia e Ciência Aeroespacial da China (CASC).

Ao estar desprendido, graças a sete articulações motorizadas, o braço poderá ser manobrado como uma serpente na superfície da estação e alcançar qualquer ponto.

Outras fontes indicaram que a entidade está a desenvolver dois tipos distintos de braços robotizados, um que operaria a partir do módulo central e outro a partir do módulo experimental da estação.

A agência espacial chinesa tem previsto lançar uma missão tripulada na segunda metade deste ano, que supõe o regresso dos astronautas chineses à órbita terrestre após outras cinco missões deste tipo, realizadas entre 2003 e 2013.

A China prevê lançar em 2018 o módulo central da sua futura estação espacial, uma instalação que deve estar operacional em 2022, segundo as previsões oficiais.

China ciência e tecnologia estação espacial
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)