Fronteira com Espanha é "ponto de união", garante Costa

Primeiro-ministro discursou durante cimeira ibérica a decorrer em Vila Real.
Por Lusa|30.05.17
  • partilhe
  • 0
  • +

O primeiro-ministro, António Costa, sublinhou esta terça-feira as relações "muito fortes e integradas" entre Portugal e Espanha, sustentando que a fronteira entre os dois países deve ser um "ponto de união" e não uma "linha de separação".

"O objetivo é fazer da fronteira, que era uma linha de separação, um ponto de união entre os nossos países, povos e economias. Para esta união o papel das empresas é absolutamente essencial", defendeu António Costa que falava em Vila Real no segundo de dois dias de cimeira ibérica entre Portugal e Espanha.

No final da cimeira empresarial luso-espanhola, que decorreu em paralelo com a cimeira entre os executivos dos dois países, Costa lembrou a necessidade de se trabalhar "dia após dia em conjunto", valorizando a relação económica "muito forte" entre Portugal e Espanha.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!