Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

CML: PS admite eleições

O PS acusou esta segunda-feira o líder do PSD, Luís Filipe Menezes, de ser o responsável pela actual crise política na Câmara de Lisboa e reiterou que todos os cenários estão em aberto, incluindo a realização de eleições antecipadas.
3 de Dezembro de 2007 às 18:01
Estas posições sobre a controvérsia do empréstimo de 500 milhões de euros que o executivo da Câmara de Lisboa pretende contrair para pagar dívidas a fornecedores foram transmitidas pelo secretário nacional para as autarquias, Miranda Calha, em conferência de imprensa.
No final da reunião do Secretariado Nacional do PS, Miranda Calha acusou Luís Filipe Menezes de ter "interferido quando deu indicações" aos membros sociais- democratas da Assembleia Municipal de Lisboa - órgão em que se encontram em maioria -, no sentido de que se vote contra o empréstimo solicitado pelo presidente da Câmara, António Costa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)