Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

CNIS defende criação de autoridade independente para fiscalizar setor social

Lusa 24 de Janeiro de 2018 às 12:37

O presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS) defendeu hoje a criação de uma autoridade independente que acompanhe e fiscalize o setor para que "não haja instituições de solidariedade virtuais e estabelecidas só para apanhar incautos".

"Deveríamos avançar para uma autoridade independente que superintendesse este setor", defendeu o padre Lino Maia na Comissão da Segurança Social e Trabalho, onde foi ouvido no âmbito do requerimento apresentado pelo Bloco de Esquerda sobre ação social e regras dos acordos de cooperação com as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS).

Segundo Lino Maia, esta entidade independente teria como missão acompanhar e fiscalizar o setor, além de outras medidas, para "que não haja instituições particulares de solidariedade virtuais e estabelecidas só para apanhar incautos".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)