Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Cólera matou 29 pessoas na capital do Sudão do Sul

1.306 doentes de colera estão a receber tratamento 
7 de Junho de 2014 às 13:36

A epidemia de cólera detetada em Yuba, capital do Sudão do Sul, provocou pelo menos 29 mortes nos últimos dias e 1.306 doentes estão a ser tratados, revelou este sábado a organização Médicos sem Fronteiras.

Segundo um comunicado divulgado pela organização, o número de pacientes está a aumentar, o padrão é constante, sem subidas significativas, e a doença poderá começar a diminuir.

No entanto, os Médicos sem Fronteiras advertiram a população de que não devia "reduzir os cuidados" porque o número de contágios pode elevar-se repentinamente se se descuidarem as medidas para prevenir a doença.

"Os esforços para prevenir a propagação devem continuar", alerta a organização não governamental, que pediu a realização de uma campanha de sensibilização sobre saúde.

Mais de 1,3 milhões de pessoas vivem num território sem água potável, em casas sem condições e sem serviços de saneamento, o que aumenta o risco de epidemias.

O Sudão do Sul está a enfrentar desde dezembro um conflito interno que já causou a morte de milhares de pessoas e a deslocação de mais de um milhão de habitantes.

colera epidemia dudão doença
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)