Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Comerciantes exploram peregrinos a caminho de Fátima

Este ano há menos fiéis a fazer caminhada na primeira peregrinação anual a Fátima, mas os restaurantes aproveitam para subir os preços aos peregrinos.
11 de Maio de 2014 às 12:40

Há estabelecimentos a cobrar seis euros por uma sopa e um sumo e outros a pedir 60 cêntimos por um pão, escreve este sábado o Jornal de Notícias. Alguns fiéis lamentam o oportunismo, mas a maioria enaltec quem os ajuda sem pedir nada em troca.

A primeira peregrinação anual em direção ao santuário de Fátima conta com grande afluência, apesar de este ano haver menos peregrinos a fazer a caminhada. Alguns comerciantes estão a aproveitar para inflacionarem os preços, recuperando de eventuais quebras na faturação por causa da crise.

"Da Mealhada para baixo, notamos muito a diferença de preços. Chegam a cobrar-nos 60 cêntimos por um pão simples e uma pessoa do nosso grupo pagou seis euros por uma sopa e um sumo, na zona de Coimbra", queixou-se este sábado Eduarda Dinis, de 48 anos, vendedora de peixe e responsável por um grupo de 26 peregrinos que partiu na segunda-feira de Caxinas, Vila do Conde, em direção à Cova da Iria.

revista imprensa comerciantes exploram peregrinos caminho Fátima Cova da Iria
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)