Concorrência acusa cinco empresas por cartel na manutenção ferroviária

Por Lusa|14.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +

A Autoridade da Concorrência (AdC) acusou cinco empresas, administradores e diretores por cartel em concursos públicos de manutenção ferroviária lançados em 2014 e 2015, adiantou a entidade.

Em comunicado, a AdC referiu que "adotou uma nota de ilicitude (comunicação de acusações) contra cinco empresas de manutenção ferroviária dos grupos Mota-Engil, Comsa, Somague, Teixeira Duarte e Vossloh por constituírem um cartel em concursos públicos lançados pela Infraestruturas de Portugal, em 2014 e 2015".

Em causa estão alegadas irregularidades praticadas pelas sociedades Fergrupo -- Construções e Técnicas Ferroviárias, S.A., Futrifer -- Indústrias Ferroviárias, S.A., Mota-Engil -- Engenharia e Construção, S.A., Neopul -- Sociedade de Estudos e Construções, S.A. e Somafel -- Engenharia e Obras Ferroviárias, S.A, juntamente com seis titulares de órgãos de administração e direção.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!