Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Congresso do CDS-PP/Madeira marcado por abandono de antigo líder

Ricardo Vieira considerou não estarem reunidas condições para a realização de um congresso democrático.
Lusa 19 de Dezembro de 2015 às 17:44

Os trabalhos do XV Congresso do CDS-PP/Madeira foram este sábado interrompidos após o abandono de Ricardo Vieira, subscritor de uma das cinco moções, por discordar de uma alteração na ordem de trabalhos aprovada pela maioria dos delegados.

Ricardo Vieira, antigo líder regional do CDS-PP, considerou não estarem reunidas condições para a realização de um congresso democrático, depois de os congressistas terem aprovado um requerimento apresentado por Lopes da Fonseca, líder parlamentar e subscritor de uma moção, que remete a discussão das alterações aos Estatutos do partido para um congresso extraordinário em 2016.

Ricardo Vieira alegou que a ordem de trabalhos do congresso tinha sido aprovada em Conselho Regional, pelo que não havia motivos para proceder a alterações de última hora. Ao abandonar a sala, num hotel do Funchal, foi seguido por um grande número de apoiantes.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)