Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Conselheiro critica empresa escolhida pelo Governo para receber pedidos de visto

Lusa 15 de Agosto de 2019 às 08:01

O presidente do Conselho Regional da América Central e do Sul, António Graça, criticou na quarta-feira, em declarações à Lusa, a escolha do Governo português pela empresa VFS Global para receber pedidos de vistos, criticando o serviço prestado.

De acordo com o conselheiro, o novo centro de processamento de vistos de Portugal no Brasil, anunciado em março, acumula queixas, e as grandes distâncias a percorrer pelos cidadãos são um dos problemas evidenciados por António Graça.

"Após o Governo português ter contratado a VFS Global as dificuldades das pessoas, que vão desde estudantes a reformados, são cada vez maiores. Na minha opinião, trata-se de um serviço precário e com profissionais totalmente despreparados. O tempo de espera é, em média, de 30 a 40 dias para agendamento", disse à Lusa António Graça.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)