Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Copenhaga/Atentado: Tiroteio era "algo que se temia depois de Charlie" - RSF

Lusa 14 de Fevereiro de 2015 às 19:15

O secretário-geral dos Repórteres Sem Fronteiras (RSF) admitiu que o tiroteio de hoje em Copenhaga, num edifício onde decorria um debate sobre islamismo e liberdade de imprensa, foi "algo que se temia depois de Charlie Hebdo".

"É algo que se temia após [o atentado ao jornal] Charlie Hebdo", afirmou Christophe Deloire, acrescentando ser notório que "os grupos ultrarradicais estão a travar uma guerra contra a liberdade de expressão, contra a liberdade de crítica irreverente das religiões e contra a simples liberdade de o debater".

Para o responsável "é terrível constatar que não só os jornais que fazem caricaturas são objeto de tiroteio", ou de "carnificina" no caso do Charlie Hebdo, mas também que o "simples facto de debater estas questões está exposto a ataques no território europeu".