Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Corredor do Museu do Chiado concluído em abril

Vai ligar duas áreas expositivas.
Lusa 30 de Janeiro de 2016 às 07:15
O Museu Nacional de Arte Contemporânea / Museu do Chiado alcançou o número de 51.992 entradas.
O Museu Nacional de Arte Contemporânea / Museu do Chiado alcançou o número de 51.992 entradas. FOTO: Direitos Reservados

As obras para a criação de um corredor, que vai ligar duas áreas expositivas no interior do Museu do Chiado, em Lisboa, deverão estar concluídas em abril, no quadro do projeto de ampliação das instalações, iniciado há dois anos. 


Numa entrevista à agência Lusa, Aida Rechena, a nova diretora do Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado (MNAC-MC), que iniciou funções há menos de um mês, indicou que este corredor irá "facilitar a circulação no interior, entre os dois espaços expositivos".


Atualmente, o Museu do Chiado possui duas entradas para os visitantes: a mais antiga, pela rua Serpa Pinto, e a entrada pela rua Capelo, inaugurada em julho do ano passado, na sequência das obras de ampliação do museu, no interior do Convento de São Francisco.


Ligação facilitada
A conclusão do corredor interior, prevista para o final do primeiro trimestre deste ano, "vai facilitar a ligação dentro dos dois espaços do edifício, dando a possibilidade de criar um circuito expositivo contínuo para os visitantes, para ver as exposições de forma mais sequencial", disse a museóloga.


"Obviamente, trará implicações ao nível da organização interna dos espaços expositivos. Teremos de pensar muito bem a forma de articular as exposições que estão num e noutro espaço", indicou.


Situado no centro histórico de Lisboa, o Museu do Chiado foi fundado em 1911, como Museu Nacional de Arte Contemporânea, e o seu acervo integra mais de 5.000 peças de arte, num percurso cronológico desde 1850 até à atualidade, incluindo pintura, escultura, desenho, fotografia e vídeo.


Aida Rechena entra no museu numa fase de expansão do espaço, que era pedida há décadas pelos anteriores diretores, entre eles Raquel Henriques da Silva, Pedro Lapa, Paulo Henriques, Helena Barranha e David Santos, o anterior responsável, que ainda presenciou a oficialização final da ampliação, mas que se demitiu em julho do ano passado, em rutura com a anterior tutela.

Museu do Chiado corredor
Ver comentários