Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Costa afirma que PSD e CDS são duas faces da mesma moeda

Secretário-geral do PS falava no final de uma reunião com o CDS.
9 de Janeiro de 2015 às 13:06
António Costa recusa a existência de convergência com o CDS
António Costa recusa a existência de convergência com o CDS FOTO: Tiago Petinga/Lusa

O secretário-geral do PS recusou esta sexta-feira a existência de convergência com o CDS e considerou o PSD e o partido de Paulo Portas "duas faces da mesma moeda" da política do atual Governo, apesar dos "arrufos".

António Costa falava no final de uma reunião com o CDS, cuja delegação foi liderada pelo também vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, que durou pouco mais de uma hora.

"Foi uma conversa agradável, não há pontos de convergência. O CDS e o PSD são as duas faces da mesma moeda da política seguida pelo Governo. Admito que haja alguns arrufos [dentro da coligação], mas nessas matérias não me meto", declarou o secretário-geral do PS, após questionado sobre um eventual entendimento entre socialistas e democratas-cristãos.

PS CDS PSD António Costa política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)