Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Crédito Agrícola quer manter rede de agências e contratar mais trabalhadores

Lusa 30 de Março de 2017 às 13:01

O presidente do Crédito Agrícola, Licínio Pina, revelou hoje que o banco cooperativo vai contrariar o movimento generalizado de fecho de balcões e de redução de pessoal dos concorrentes, pretendendo manter a rede e recrutar trabalhadores.

"A rede vai manter-se e vamos aumentar o número de colaboradores", afirmou o gestor durante a conferência de imprensa de apresentação de resultados de 2016 do grupo, em Lisboa.

Durante o ano passado, o Crédito Agrícola encerrou apenas três balcões, passando a contar com um total de 672 agências, naquela que é a segunda maior rede do sistema bancário português.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)