Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Daesh já matou mais de 4 mil na Síria

Pelo menos 4.441 pessoas morreram desde o anúncio do califado.
29 de Setembro de 2016 às 11:57
Daesh
Daesh FOTO: Reuters
Pelo menos 4.441 pessoas foram mortas pelo grupo extremista Daesh na Síria desde o anúncio de um califado por parte dos 'jihadistas' em junho de 2014, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Daquele total, pelo menos 2.421 eram civis, entre os quais 86 eram menores e 131 mulheres. Foram mortos a tiro, decapitados, apedrejados ou atirados do alto de edifícios, entre outros.

Desde 29 de junho de 2014, o EI matou também 333 combatentes de fações rebeldes e islâmicas sírias, ligados à Al-Qaida e das milícias curdas, assim como 1.200 militares e milicianos das forças governamentais e pró-regime.

O OSDH assinala que o movimento radical executou 487 dos seus militantes, alguns acusados de espionagem, outros de tentarem fugir ou de trabalharem para a coligação internacional liderada pelos Estados Unidos que combate os 'jihadistas'.

O Daesh controla zonas do norte e centro da Síria e do norte do Iraque, onde proclamou o seu califado há 27 meses, embora nos últimos meses tenha perdido parte dos territórios conquistados.
Síria Observatório Sírio dos Direitos Humanos OSDH Al-Qaida Estados Unidos Iraque política Daesh
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)