Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Defesa de 'Bibi' acusada de arrastar julgamento

A defesa de Carlos Silvino foi esta quarta-feira acusada de "protelar" o julgamento do processo de pedofilia da Casa Pia. Em causa esteve o facto de o advogado de 'Bibi' ter alegado não estar em "condições técnicas" para inquirir Hugo Marçal, apesar desta diligência estar marcada desde 26 de Fevereiro.

18 de Março de 2009 às 12:30
Defesa de 'Bibi' acusada de arrastar julgamento
Defesa de 'Bibi' acusada de arrastar julgamento

Logo após a abertura da 433ª audiência, o advogado Ramiro Miguel, em substituição de José Maria Martins, pediu ao tribunal uma nova data para exercer o contra-interrogatório ao advogado de Elvas - que prestou declarações no mês passado - o que mereceu um veemente protesto da advogada de Marçal.

Sónia Cristóvão lembrou que vem de Évora para o julgamento, acusando os advogados de desrespeito com o tribunal. A juíza Ana Peres proferiu então um despacho, recusando designar nova data para a defesa de 'Bibi' inquirir Hugo Marçal, e lembrou que a presidente do tribunal 'tem o dever de evitar que os trabalhos sejam protelados de forma que afecta o curso normal da audiência'.

O tribunal procedeu depois ao visionamento de um DVD com entrevistas de algumas vítimas a uma estação de televisão e a sessão foi interrompida uma hora depois de ter sido aberta. A próxima audiência está marcada para 14 de Abril e a data da leitura do acórdão ainda não está prevista.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)