Desemprego de longa duração com "níveis preocupantes" no sul da Europa -- estudo

Por Lusa|10.06.16
  • partilhe
  • 0
  • +

Em alguns países da Europa, o desemprego de longa duração constitui já um "problema estrutural" e alcançou "níveis preocupantes" no sul do continente, fruto da crise, alerta um estudo publicado hoje pela Fundação Bertelsmann.

O relatório indica destaca que Espanha, Grécia e Croácia figuram como os países onde o desemprego de longa duração -- pelo menos 12 meses sem trabalho -- se tornou crónico de uma forma mais significativa.

Neste trio de países supera 10% da população ativa e, ao contrário do resto dos 28, afeta também de forma significativa pessoas com médias e elevadas qualificações.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!