Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Despedimento coletivo da Soares de Costa avança em abril

519 pessoas vão ser dispensadas.
Lusa 5 de Abril de 2016 às 13:24
Joaquim Fitas, presidente executivo da Soares da Costa
Joaquim Fitas, presidente executivo da Soares da Costa FOTO: Direitos Reservados

O presidente executivo da Soares da Costa garantiu esta terça-feira à Lusa que o despedimento coletivo de 519 trabalhadores é "irreversível" e deverá avançar até final de abril, com a comunicação aos visados e o início do processo de negociação.

"O processo é para avançar e vamos dar[-lhe] um andamento muito rápido. Acreditamos que durante o mês de abril dar-se-á início ao passo seguinte, que é a informação aos trabalhadores e aos órgãos representativos dos trabalhadores e o início do processo de negociação", afirmou Joaquim Fitas em declarações à agência Lusa.

Confrontado com críticas feitas hoje, em conferência de imprensa, pelo presidente do Sindicato da Construção de Portugal quanto ao arrastar do processo de despedimento coletivo, o administrador refutou que tal aconteça desde há ano e meio, como referido pelo dirigente sindical Albano Ribeiro.

Soares da Costa despedimento coletivo Joaquim Fitas economia negócios e finanças
Ver comentários