Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Detido na A2 com 22 quilos de haxixe pode pertencer a rede internacional

O suspeito transportava os 22 quilogramas de haxixe na viatura automóvel em que viajava.
1 de Abril de 2014 às 18:15

O homem de 37 anos detido pela Polícia Judiciária (PJ) na autoestrada A2, na posse de 22 quilogramas de haxixe, poderá pertencer uma organização internacional de tráfico de droga, revelou à agência Lusa fonte policial, esta terça-feira. De acordo com a mesma fonte, o suspeito, de nacionalidade portuguesa e sem antecedentes criminais, viajava de Lisboa para o Algarve quando foi intercetado, na segunda-feira à tarde, por agentes da Diretoria do Sul da PJ na autoestrada do Sul A2, entre Almodôvar (Alentejo) e Messines (Algarve).

A investigação da polícia portuguesa vai prosseguir com vista ao completo apuramento da atividade criminosa, atendendo a que o suspeito estará ligado a uma organização internacional de tráfico de estupefacientes, adiantou a mesma fonte. A fonte indicou que o suspeito transportava os 22 quilogramas de haxixe na viatura automóvel em que viajava, embora se desconheça ainda onde foi recolhida. Além dos 22 quilogramas de haxixe, na posse do suspeito, a PJ, na sequência de "diligências subsequentes", apreendeu uma viatura automóvel, uma balança de precisão, vários telemóveis, uma arma elétrica "taser" de 900.000 volts e dinheiro, cujo montante não foi divulgado.

O suspeito do crime de tráfico de droga vai ser presente a primeiro interrogatório judicial, na quarta-feira em Olhão, para aplicação de eventuais medidas de coação. Na operação de detenção do suspeito, a PJ destacou a "colaboração relevante" prestada pelo Destacamento de Trânsito da GNR.

detido haxixe tráfico rede internacional
Ver comentários