Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Ativistas dos direitos das mulheres detidos na Arábia Saudita

Preocupações com a segurança e estabilidade do reino foram os motivos para a detenção.
Lusa 19 de Maio de 2018 às 16:34
Mulheres na Arábia Saudita têm um responsável ou guardião, que pode ser o irmão, o pai ou o marido, do qual dependem da autorização para casar, ou obter divórcio, para viajar, estudar, trabalhar, ou mesmo para abrir uma conta bancária
Mulheres na Arábia Saudita têm um responsável ou guardião, que pode ser o irmão, o pai ou o marido, do qual dependem da autorização para casar, ou obter divórcio, para viajar, estudar, trabalhar, ou mesmo para abrir uma conta bancária FOTO: Reuters

Sete ativistas dos direitos das mulheres na Arábia Saudita foram detidos por "atentado à segurança e à estabilidade do reino", anunciaram este sábado as autoridades, sem divulgar a identidade dos detidos.

Segundo a organização de defesa dos direitos humanos Human Rights Watch (HRW), sete ativistas estão detidos desde terça-feira.

O grupo de detidos integra três mulheres conhecidas pela luta contra a proibição de conduzir e a tutela masculina: Lujain al-Hathlul, Aziza al-Yussef e Emana al-Nafjan.

Arábia Saudita crime lei e justiça direitos humanos ativistas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)