Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Diretora da OMS adverte para financiamento insuficiente

Lusa 31 de Outubro de 2016 às 12:47

A diretora-geral da OMS, Margaret Chan, advertiu hoje que o orçamento da organização não pode ser completamente financiado sem novas contribuições, situação que o seu sucessor, que assumirá o cargo em 2017, terá de enfrentar.

Chan apontou "importantes défices" para o orçamento de 2016/2017, ao discursar numa conferência organizada pela OMS e na qual participam mais de cem representantes de Estados-membros e organizações.

"Sem financiamento adicional, o atual orçamento não pode ser plenamente financiado e implementado", alertou, explicando que se por um lado os Estados-membros pedem mais à OMS, mas por outro não só não aumentam as contribuições, como nalguns casos as diminuíram.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)