Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Dívida de África subiu porque bancos concessionais não têm verbas suficientes - economista

Lusa 24 de Maio de 2018 às 10:21

O economista Carlos Lopes considerou hoje à Lusa que o aumento do endividamento africano deve-se à falta de verbas das instituições financeiras multilaterais, que obrigou os países a recorrer aos mercados financeiros, mesmo com juros elevados.

"O aumento do endividamento foi muito rápido nos últimos anos, e isso tem a ver com o facto de os países africanos se terem envolvido em processo de investimentos nas infraestruturas, mas caíram os preços das matérias-primas e teve de haver um efeito de emprestar a nível comercial porque não havia suficiente dinheiro de tipo concessional", disse à Lusa o economista da Guiné-Bissau.

Em entrevista à Lusa à margem da sua participação nos Encontros Anuais do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), que decorrem esta semana em Busan, na Coreia do Sul, Carlos Lopes admitiu que o recurso aos mercados financeiros internacionais "fez o rácio da dívida sobre o PIB aumentar rapidamente nos últimos quatro anos, passando de 30% para 50%, e isso teve um efeito no aumento do serviço da dívida".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)