Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Dívidas antigas das farmácias a distribuidores são mais de 80 milhões de euros

Valor das dívidas têm reduzido de forma significativa nos últimos três anos.
Lusa 4 de Abril de 2019 às 06:13
Farmácias
Farmácias
Farmácias
Farmácias
Farmácias
Farmácias
Farmácias
Farmácias
Farmácias

As farmácias devem mais de 80 milhões de euros aos distribuidores farmacêuticos apenas em dívidas acumuladas e dificilmente recuperáveis, segundo dados de um estudo que é divulgado esta quinta-feira.

O valor das dívidas dificilmente recuperáveis das farmácias aos distribuidores farmacêuticos têm reduzido de forma significativa nos últimos três anos, mas mantém-se mais do dobro do que acontecia em 2012.

O estudo encomendado pela Associação de Distribuidores Farmacêuticos, e a que a agência Lusa teve acesso, mostra que as dívidas acumuladas e dificilmente cobráveis atingiram um pico de 107,9 milhões de euros em 2014, estando em 2017 em quase 81 milhões de euros.

Ver comentários