Doze autores de poesia finalistas ao Prémio Literário Casino da Póvoa

Por Lusa|11.02.19
  • partilhe
  • 0
  • +

Doze autores, entre os quais Luís Quintais, Adília Lopes e Daniel Jonas, são finalistas do Prémio Literário Casino da Póvoa, atribuído no âmbito do encontro literário Correntes d'Escritas, na Póvoa de Varzim, foi hoje anunciado.

Este ano, o prémio é dedicado à poesia e a ele candidataram-se 45 obras, tendo o júri selecionado 12 finalistas, entre os quais autores que já tinham sido nomeados em edições anteriores, como Luís Quintais, Golgona Anghel, José Tolentino Mendonça e João Rios.

As obras finalistas são: "A Noite Imóvel" (Luís Quintais), "Bandolim" (Adília Lopes), "De Passagem" (José Alberto Oliveira), "Existência" (Gastão Cruz), "Nadar na piscina dos pequenos" (Golgona Anghel), "Não É Grave Ser Português" (João Rios), "Oblívio" (Daniel Jonas), "Rua antes do Céu" (José Luís Tavares), "Suite sem Vista" (Inês Fonseca Santos), "Tardio" (Rosa Oliveira), "Teoria da Fronteira" (José Tolentino Mendonça) e "Tratado" (Luís Carmelo).

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!