Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Duas mulheres acusadas na Malásia do homicídio do irmão do líder norte-coreano

Lusa 1 de Março de 2017 às 03:12

Duas mulheres foram hoje formalmente acusadas pela justiça da Malásia do homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte, a 13 de fevereiro, no aeroporto de Kuala Lumpur.

Siti Aisyah, de 25 anos e nacionalidade indonésia, e Doan Thi Huong, de 28 e oriunda do Vietname, foram hoje presentes a tribunal, em Kuala Lumpur, de onde saíram acusadas de serem as autoras do homicídio de Kim Jong-Nam.

Na terça-feira, o procurador-geral da Malásia já havia revelado que as duas mulheres consideradas suspeitas da morte do meio-irmão do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, no aeroporto de Kuala Lumpur seriam acusadas de homicídio.