Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

DURÃO FALA AO MUNDO

O primeiro-ministro português, Durão Barroso, discursou esta manhã na Cimeira para o Desenvolvimento Sustentável, em Joanesburgo, África do Sul, apelando à responsabilidade colectiva para proteger o Ambiente e combater a pobreza no Mundo.
2 de Setembro de 2002 às 13:22
Durão Barroso fez passar a ideia de que a responsabilidade pela garantia dos dois grandes vectores que norteiam um desenvolvimento sustentável do Homem é colectiva, mas começa em “casa”. O primeiro-ministro recorreu com esta ideia a um velho ‘slogan’ ecológico – “Pensar globalmente, agir localmente” – e apelou às nações do mundo para que não se auto-excluam deste processo colectivo, para o qual, salientou, é necessário haver objectivos e datas precisas para os alcançar.

Em complemento a esta ideia central, o primeiro-ministro português fez também o apelo à defesa dos oceanos, que são um dos pilares do equilíbrio climático global e um precioso reservatório de biodiversidade. Este apelo deu também um carácter mais nacional às palavras do primeiro-ministro português, uma vez que remete para o passado de projecção marítima de Portugal no Mundo.
Ver comentários