Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

E o melhor whisky do mundo em 2014 é... da Tasmânia

Melhor single malt de 2014, o Sullivans Cove French Oak, é feito ilha da Tasmânia.
31 de Março de 2014 às 14:36
Whisky Sullivans Cove French Oak Cask
Whisky Sullivans Cove French Oak Cask

É bem provável que o céu vá desabar, não na cabeça dos gauleses, mas na dos escoceses. Depois do Japão ter roubado o trono à Escócia como melhor produtor do mundo de whisky (consta que em 2007 houve quem rasgasse os kilts), eis que os provadores do mais importante concurso mundial da categoria - organizado pela inglesa 'Whisky Magazine' - elegem como melhor single malt de 2014 o Sullivans Cove French Oak, que é feito ilha da Tasmânia. Sim, para as bandas da Austrália. É de imaginar o rol de piadas que virão da Escócia com a história do diabo da Tasmânia.

A produção de whisky incorpora tecnologia que tem séculos na Escócia, sendo que a riqueza dos whiskies deste país resulta dos perfis diferenciados existentes em várias regiões. Entre um whisky mais suave e doce de Speyside e outro a cheirar a iodo de Islay, há muitos outros perfis nas regiões de Lowlands, Highlands ou Campbeltown.  No Japão o conceito de regiões não existe. Mas existe muita tecnologia importada da Escócia desde o sec XIX, que, associada à qualidade dos cereais e da água do Japão, dá origem a whiskies muito sérios, muito personalizados. Nikka e Suntory são as marcas mais conhecidas. Suntory foi, de resto, o whisky que muitas dores de cabeça deu a Bill Murray no filme Lost in Translation (o Amor é um Lugar Estranho).           

Seja como for, em sistema de prova cega (os provadores não sabem a proveniência do whisky), este Sullivans Cove de 12 anos destacou-se por revelar uma complexidade aromática que mistura coisas como amêndoas, torradas, avelãs, frutos de outono variados, passas e especiarias, sendo que na boca se destacam os sabores de mel, baunilha e maçã e, de novo, as especiarias. A fazer fé nesta nota de prova, não custa a crer que se trata de um grande whisky, tanto mais que custa - pasme-se - 8,7 euros. A zaragata é que só existem 516 garrafas.

whisky Tasmânia single malt Sullivans Cove French Oak concurso Whisky Magazine
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)