Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

FMI aprova ajuda para Guiné Conacri, Libéria e Serra Leoa

Combater o ébola é a grande missão.
27 de Setembro de 2014 às 05:38
Surto epidémico já matou quase 3.000 pessoas desde dezembro
Surto epidémico já matou quase 3.000 pessoas desde dezembro FOTO: Luc Gnago/Reuters

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou na sexta-feira a aprovação de um financiamento suplementar de 130 milhões de dólares para combater o Ébola na Guiné Conacri, Libéria e Serra Leoa, que já beneficiam de um plano de ajuda da organização.

A verda de 130 milhões de dólares (102,5 milhões de euros) será desbloqueada de forma imediata: 49 milhões de dólares (38,6 milhões de euros) para a Libéria, 41 milhões de dólares (32,3 milhões de euros) para a Guiné Conacri, e outros 40 milhões de dólares (31,5 milhões de euros) para a Serra Leoa.

O objetivo do FMI é o de ajudar a Guiné Conacri, Libéria e Serra Leoa a responder ao surto epidémico do Ébola, que já matou quase 3.000 pessoas desde dezembro, indica um comunicado citado pelas agências internacionais.

FMI ajuda guiné conacri libéria serra leoa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)