Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Educadora julgada por atingir bebé com água a 60 graus

Pais da menina reclamam uma indemnização cível de 30 mil euros.
2 de Maio de 2014 às 15:37

O Ministério Público (MP) acusou uma educadora de infância de uma creche de Massamá, concelho de Sintra, de ofensa à integridade física negligente por atingir uma bebé de 13 meses com água a 60 graus.

Os pais da menina, que se constituíram como assistentes no processo, reclamam da arguida, hoje com 29 anos, o pagamento de uma indemnização cível de 30 mil euros. A primeira sessão do julgamento está agendada para as 09h00 de segunda-feira no Juízo de Média Instância Criminal, no Tribunal de Sintra.

Segundo o despacho de acusação do MP, a que a agência Lusa teve acesso, a criança "sofreu queimaduras extensas de 2.º grau, no dorso e nas nádegas, abrangendo cerca de 10% da sua superfície corporal". As lesões "provocaram à menor 398 dias de doença, um período de internamento de 17 dias na Unidade de Queimados do Hospital Dona Estefânia e, após a alta hospitalar, a ida a várias consultas nessa Unidade".

Sintra Massamá Ministério Público educadora julgamento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)