Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Egipto condena Israel por construir mais casas nos colonatos

Autoridades egípcias falam em "prática provocatória".
Lusa 27 de Dezembro de 2014 às 11:27
 A ONU chumbou resolução que pedia a retirada de Israel dos territórios palestinianos até 2017. Violência vai continuar
A ONU chumbou resolução que pedia a retirada de Israel dos territórios palestinianos até 2017. Violência vai continuar FOTO: Alaa Badarneh/EPA

O Egipto condenou este sábado a decisão de Israel de construir mais 380 habitações nos colonatos judeus de Jerusalém Oriental, apelidando-a de "prática provocatória", segundo um comunicado do Ministério dos Assuntos Externos.

As autoridades egípcias classificaram a construção das novas 307 casas em Ramot e outras 73 em Har Jomá como um "desafio flagrante" às leis internacionais e à Convenção de Genebra, que proíbem as "forças de ocupação" de mudar o caráter geográfico e demográfico das zonas ocupadas.

O Egipto defendeu que a comunidade internacional deve atuar para impedir estas manobras israelitas, evitando que se volte a cair "no círculo vicioso da violência".

Na nota do Ministério dos Assuntos Externos, o governo egípcio sublinha que esta prática israelita é "provocatória" e destrói os esforços para retomar as negociações com os palestinianos, nos termos da solução apresentada pelos Estados Unidos e põe em causa a definição do espaço territorial palestino, com capital em Jerusalém Oriental.

Egipto Israel colonatos
Ver comentários