Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Costa insiste que recusa acordo para cortar nas pensões

Líder socialista indisponível para a reforma na Segurança Social.
Lusa 21 de Setembro de 2015 às 12:46
António Costa rejeitou o pedido de Passos Coelho para reconsiderar a reforma da Segurança Social
António Costa rejeitou o pedido de Passos Coelho para reconsiderar a reforma da Segurança Social FOTO: Edgar Martins/Correio da Manhã

O secretário-geral do PS afirmou esta segunda-feira que o primeiro-ministro pretende uma revisão constitucional para cortar 600 milhões de euros no sistema de pensões, mas insistiu que os socialistas estão totalmente indisponíveis para esse acordo.

António Costa falava em resposta a um idoso no vale da Vilariça, numa exploração de regadio com cerca de dois mil hectares e abrange os concelhos de Vila Flor, Torre de Moncorvo e Alfandega da Fé.

Um idoso pediu ao líder do PS para não ir na "façanha" de Pedro Passos Coelho sobre a Segurança Social, e António Costa respondeu imediatamente: "Ele sabe que, para cortar 600 milhões de euros, precisa de uma revisão da Constituição, mas não vai ter acordo nenhum do PS", declarou.

PS António Costa eleições campanha Segurança Social corte pensões acordo PSD Pedro Passos Coelho
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)