Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Eletricidade vai ter nova fatura de leitura mais simples

EDP Comercial investiu mais de 600 mil euros nesta reformulação.
19 de Setembro de 2016 às 14:15
EDP
EDP FOTO: Bruno Simão / Jornal de Negócios
A EDP Comercial, principal fornecedor do mercado livre de eletricidade, investiu mais de 600 mil euros na reformulação da fatura com o objetivo de a tornar "mais simples e clara".

Num encontro com jornalistas, o presidente da EDP Comercial, Miguel Stilwell, revelou que em outubro os clientes vão começar a receber a nova fatura, "com uma linguagem mais simples e clara".

"Quisemos reformular a fatura para que fosse mais clara e mais simples para o cliente, mantendo a informação regulatória obrigatória e adicionando informação com objetivo pedagógico", explicou o administrador, num balanço sobre os dez anos do arranque do mercado livre no segmento doméstico.

Logo na primeira página, os clientes da EDP Comercial têm dentro de um círculo, em destaque, a resposta a duas perguntas: "Quanto tenho a pagar" e "Até quando posso pagar?".

Outra novidade é a discriminação do montante total a pagar, nomeadamente de qual o valor que resulta de "taxas e impostos", isto é, a taxa de exploração da Direção de Energia e Geologia, o imposto especial de consumo de eletricidade, a contribuição para o audiovisual e o IVA.

A nova fatura terá ainda uma componente relacionada com o desempenho energético dos clientes, explicando o valor de emissões de CO2 e os consumos médios dos eletrodomésticos.

"É um passo grande que damos no sentido de melhorar a comunicação com o cliente", sintetizou o administrador.

A EDP Comercial é o principal operador no mercado livre em número de clientes (85% do total de clientes) e em consumos (cerca de 45% dos fornecimentos no mercado livre).

De acordo com a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, o consumo dos clientes em mercado liberalizado representa já quase 91% do consumo total registado em Portugal continental.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)