Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Empresa de produção de algas quer fazer bioplásticos em Aveiro

Em 2010 foram produzidas 20 milhões de algas secas em todo o mundo, 99% das quais são utilizadas na indústria alimentar.
18 de Maio de 2014 às 13:59

Empresa portuguesa é pioneira na produção de macroalgas (algas não microscópicas), que são utilizadas para purificar a água das aquaculturas, que podem vir a fazer parte da cozinha portuguesa ou, então, servir de matéria prima para plásticos, noticia o jornal Público. 

A Algaplus, uma empresa instalada em Ílhavo, junto à ria de Aveiro, produz algas que filtram a água suja depois de ter sido utilizada pelos peixes da aquacultura. Este sistema tenta emular os ecossistemas naturais, nos quais os dejetos dos peixes são alimentos para estas algas, sendo, desta forma, reciclados.

Em 2013 a empresa começou a obter a sua matéria-prima e atualmente produz cerca de 300 a 400 quilos de algas desidatradas por mês, que crescem em tanques de 200 metros quadrados.

revista imprensa empresa produção algas bioplásticos ria Aveiro Ílhavo macroalgas aquaculturas
Ver comentários