Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Empresa na Marinha Grande é suspeita de ter criado prejuízo de 5,5 ME com burla

Lusa 14 de Julho de 2016 às 16:09

Uma empresa a operar a partir da Marinha Grande, Leiria, é suspeita de criar um prejuízo superior a 5,5 milhões de euros com esquema em pirâmide, afetando dezenas de pessoas da região, de Lisboa e do Porto, informou a PJ.

A empresa, uma 'offshore' com sede no Panamá, operava a partir do concelho da Marinha Grande, distrito de Leiria, com sucursais em Lisboa e no Porto, afetando dezenas de pessoas singulares, massas insolventes de empresas e uma herança, refere a PJ de Leiria, em nota de imprensa, informando que a investigação foi dada como concluída.

Após a investigação, que começou em 2011 e terminou agora, a PJ remeteu ao Departamento de Investigação e Ação Penal da Comarca de Leiria um "inquérito por presumível prática dos crimes de burla qualificada, infidelidade e abuso de confiança".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)