Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Enviado das Nações Unidas diz que crise dos rohingya tem "características de genocídio"

Lusa 1 de Fevereiro de 2018 às 08:21

O enviado especial das Nações Unidas para os direitos humanos em Myanmar, na Birmânia, considerou hoje que as operações violentas dos militares contra os muçulmanos de origem rohingya têm "características de um genocídio".

Yanghee Lee disse aos jornalistas, em Seul, que não poderia fazer uma declaração definitiva sobre o genocídio até que um tribunal ou um tribunal internacional credível provasse a evidência, mas sublinhou: "Estamos a ver sinais e está a caminhar nesse sentido".

Respondendo a uma pergunta sobre um relatório divulgado pela Associated Press que detalha um massacre e a existência de pelo menos cinco valas comuns na aldeia de Gu Dar Pyin, em Myanmar (Birmânia), Lee disse que, embora não tivesse detalhes específicos na aldeia, podia verificar-se que se tratava de "um padrão", que surgiu na perseguição aos Rohingya.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)