Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

ERS vai analisar acesso dos utentes ao Amadora-Sintra

Hospital chegou a ter esperas de 20 horas na urgência.
29 de Dezembro de 2014 às 16:07
O Hospital Amadora-Sintra foi autorizado a contratar 10 médicos a empresas prestadoras de serviços
O Hospital Amadora-Sintra foi autorizado a contratar 10 médicos a empresas prestadoras de serviços FOTO: João Carlos Santos

A Entidade Reguladora da Saúde (ERS) vai analisar a situação no Hospital Amadora-Sintra, que chegou a ter esperas de 20 horas na urgência, no âmbito de um inquérito sobre o acesso dos utentes que já tinha sido instaurado.

De acordo com este regulador, a ERS tem estado atenta à "temática da garantia do direito de acesso dos utentes aos serviços de urgência do Serviço Nacional de Saúde (SNS)" e, neste âmbito, instaurou um inquérito ao Hospital Fernando Fonseca, conhecido como Amadora-Sintra.

Neste hospital, os utentes chegaram a esperar cerca de 20 horas no serviço de urgência, na noite de 25 para 26 deste mês, devido à falta de médicos, por motivo de doença, e por um número elevado de doentes com patologias complicadas.

utentes ERC amadora-sintra hospital
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)