Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Escola da Noite, em Coimbra, interpreta Javier Tomeo 25 anos depois

Lusa 13 de Setembro de 2017 às 13:13

A Escola da Noite, de Coimbra, volta na quinta-feira ao mundo quase absurdo de Javier Tomeo, dramaturgo espanhol com que "um conjunto de jovenzinhos" se estreou como companhia profissional na cidade, há 25 anos.

Na quinta-feira, a Escola da Noite estreia "TOMEO Histórias Perversas", um conjunto de 26 micro-histórias de Javier Tomeo, o autor com quem a mais antiga companhia profissional da cidade começou o seu percurso.

As histórias (a mais longa tem cinco minutos) vão surgindo pela mão de três atores, jogando com a profundidade e planos que o cenário proporciona - uma espécie de antiga máquina fotográfica gigante -, com a sequência a surgir de forma rápida, sem pausas, apenas o tempo suficiente para se mudar "a lente".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)