Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Escola primária acusada de segregação racial na África do Sul

Lusa 11 de Janeiro de 2019 às 12:00

Uma escola primária sul-africana está a ser acusada de segregação racial, depois de ter sido divulgada a imagem de uma sala com crianças brancas e negras sentadas separadamente durante a aula.

As aulas no centro Laerskool Schweizer-Reneke, no nordeste da África do Sul, foram suspensas na quinta-feira e a escola permanece hoje fechada, enquanto as autoridades locais investigam o incidente.

A fotografia tornou-se viral e gerou uma onda de indignação na sociedade sul-africana, que durante mais de 40 anos viveu sob o regime segregacionista do "apartheid".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)