Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Comboio que descarrilou é da Renfe

Acidente ferroviário causou quatro vítimas mortais.
Lusa 9 de Setembro de 2016 às 13:49
O Ministro do Planeamento e das Infraestruturas Pedro Marques
O Ministro do Planeamento e das Infraestruturas Pedro Marques FOTO: Mariline Alves

O Ministro do Planeamento e das Infraestruturas afirmou esta sexta-feira que, de acordo com as informações prestadas pelas autoridades espanholas, o comboio que hoje descarrilou em Porriño, Espanha, é da Renfe e tinha "as revisões em dia".

"O comboio é da Renfe", disse Pedro Marques, acrescentando que, tendo o acidente desta manhã ocorrido em Espanha, "a responsabilidade do inquérito [às causas do descarrilamento] é espanhola".

Pedro Marques, que falava aos jornalistas à margem de uma reunião na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), destacou que, neste momento, a prioridade "é o socorro às pessoas" e "há que permitir uma investigação".

Sublinhando que a ligação do comboio "Celta" é "um serviço operado pela CP em contexto de uma ligação Porto-Vigo, diária", sendo que o "material circulante é da Renfe", Pedro Marques adiantou que o Gabinete de Investigação de Segurança e de Acidentes Ferroviários (GISAF) está disponível para colaborar com as autoridades espanholas.

O presidente da CP, encontrando-se no local do acidente, "já está a apurar o que vai ser desenvolvido", sustentou.

O acidente com o comboio que fazia o trajeto Vigo-Porto aconteceu às 09:25 locais (08:25 em Lisboa) e causou quatro mortos (confirmados pelas autoridades), entre os quais o maquinista (português, segundo as autoridades espanholas) e o revisor, um cidadão espanhol. Pelo menos 46 pessoas ficaram feridas.

O comboio, com 63 passageiros, fazia o trajeto Vigo-Porto partilhado com a Renfe espanhola na linha conhecida com o nome "Celta", inaugurada em julho de 2013.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)